Cultura

Noites na Nora celebra 20 anos de “cultura como uma festa” em Serpa

Concertos da cantora portuguesa Miranda, do projeto Fado Bicha e da banda espanhola The Clams e espetáculos de teatro e ilusionismo vão animar o evento Noites na Nora, que começa hoje, em Serpa, no Alentejo.

A 20.ª edição do evento, que é promovido pela Companhia de Teatro Baal17, vai decorrer até ao dia 20 deste mês, no Espaço da Nora e no Centro Artístico Cultura Viva, situados no centro histórico da cidade de Serpa, no distrito de Beja.

Segundo a Baal17, de Serpa, com o lema “Noites na Nora – Há 20 edições a criar momentos únicos”, a edição deste ano vai comemorar os 20 anos do evento que “celebra a cultura como uma festa”.

A programação “eclética” do Noites na Nora vai incluir quatro espetáculos de música, nove de teatro e um de ilusionismo, uma performance, seis sessões de dj e a exibição de um documentário.

A 20.ª edição do evento vai ficar “marcada” pela apresentação do “novo e ambicionado” projeto da Baal17, o Centro Artístico Cultura Viva, um espaço multidisciplinar de produção, criação e difusão cultural e artística contíguo ao Espaço da Nora.

Já há um projeto de reabilitação do edifício do centro, mas durante a edição deste ano do evento “mostra-se aos visitantes no seu aspeto cru e marcado pelo tempo de abandono” e será todo ele uma instalação artística que poderá ser visitada em grupos organizados, explica a Baal17.

O Noites na Nora vai arrancar hoje, às 21:45, com a exibição do documentário “20 NNN”, que “revisita” os espetáculos, artistas e públicos, a cultura e a festa que tornaram o evento “pioneiro” e uma “referência” entre os eventos culturais no Alentejo.

Na área da música, o evento vai incluir os concertos de Miranda, a voz da banda O’queStrada, no sábado, do projeto Fado Bicha, no dia 13, e da banda de “rhythm & soul” The Clams, no dia 20, e o espetáculo “Sete pecados musicais”, com direção musical da soprano Margarida Marecos, no dia 19, sempre a partir das 22:30, no Espaço da Nora.

Ainda na área da música, o Noites na Nora vai incluir seis sessões de dj “É pra dançar”, nomeadamente da dupla Grogue Progressivo, hoje, de Monsieur Papillon, no sábado e no dia 13, das “Good time girls”, no dia 12, de Gabi von Dub, no dia 19, e de Señor Pelota, no dia 20, sempre a partir das 00:00, no Espaço da Nora.

Na área do teatro, vão ser apresentados os espetáculos “A visita da velha senhora”, da Oficina de Teatro de Serpa, hoje, “AL Bá Blá”, da companhia AL Teatro, no domingo e no dia 20, “Há beira na revolta”, da ESTE – Estação Teatral do Fundão, no dia 10, “Anónimo”, da companhia Teatromosca, no dia 11, e “Elisa e Marcela”, da companhia A Panadaria, no dia 12.

“A lenda das amendoeiras em flor”, da companhia Teatro Extremo, e “A morte chama-se Laura”, de Cláudia Guia, João Moura, Pedro Nunes e Sara Cruz e Teresa Moura, no dia 14, “Felicidade”, do Projeto Ruínas, no dia 17, e “Iceberg, o último espetáculo”, da companhia Peripécia Teatro, no dia 18, são os outros espetáculos de teatro previstos.

O Noites na Nora vai incluir ainda o espetáculo “O quê?”, do ilusionista Zé Mágico, no domingo, no Espaço da Nora, e a performance multidisciplinar “In Between me and myself”, de Rolando Galhardas, no dia 13, no Centro Artístico Cultura Viva.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir