Internacional

Noite com Ronaldo deixou a Miss Bumbum “uma semana dorida”

O alegado romance de Cristiano Ronaldo com Andressa Urach, numa altura em que o craque namorava com a russa Irina Shayk, foi agora ‘ressuscitado’ pela Miss Bumbum a propósito da acusação feita por Kathryn Mayorga.

Há cinco anos, a brasileira garantiu ter passado uma noite escaldante no hotel Villa Magna, em Madrid. CR7 negou e ameaçou processar Andressa Urach por difamação, mas a intenção nunca passou disso.

À data, a Miss Bumbum proferiu uma declaração que passou relativamente despercebida, mas que ganhou dimensão com a queixa apresentada agora pela norte-americana Kathryn Mayorga.

Em conversa com Edu Sterblich, apresentador do ‘Pânico na Band’, Andressa Urach revelou ter feito sexo anal – consensual – com Cristiano Ronaldo.

“Fiquei uma semana dorida”, pormenorizou.

Os detalhes dessa noite (que Ronaldo sempre negou) constam na biografia que a brasileira lançou há três anos, ‘Morri para Viver’.

Embora trabalhasse como prostituta de luxo, a Miss Bumbum não cobrou a Ronaldo pelo tempo (“menos de uma hora”) no quarto.

“Sorrindo, ele me convidou e falamos rapidamente sobre o que ia ocorrer”, refere a biografia, sobre a relação com CR7.

“Ele então me agarrou e tivemos uma relação sexual intensa. Ao contrário do que eu imaginava, ele era um cara bem agressivo na cama”, descreveu Andressa Urach.

São declarações antigas que alguns tablóides, nos EUA, em Inglaterra e no Brasil, recuperam agora, a propósito da queixa de violação imputada por Kathryn Mayorga a Cristiano Ronaldo, que inclui uma acusação de fraude anal.

Mais partilhadas da semana

Subir