Apresentações/Novidades

Nissan garante “cumprimento dos padrões” de emissões de partículas

A Nissan reagiu às notícias que “confundem a desconformidade do método de análise de emissões com os valores reais apurados para essas emissões”.

A marca revela que “está proativamente a levar a cabo várias verificações de conformidade de diversos aspetos das suas operações no Japão”.

“Como parte desta iniciativa, a Nissan descobriu recentemente que algumas fábricas de produção de veículos não estavam a conduzir adequadamente os testes de emissões de partículas e as medições de consumo de combustível, compreendidos no processo de inspecção final do veículo (Kanken)”, esclarece.

A empresa “implementou de imediato averiguações internas e confirmou que todos os veículos produzidos, com a excepção do GT-R (para o qual as verificações ainda decorrem), cumprem os padrões de segurança do Japão”.

Além disso, assegura a Nissan, “a média dos valores medidos para as homologações dos veículos garantem as especificações de catálogo anunciadas para as emissões de partículas”.

A marca “também verificou todo o histórico de informação e confirma que todos os modelos sujeitos aos testes por amostragem garantem as especificações de consumo de combustível descritas nos catálogos”, o que significa que “não existem erros nos valores de consumo de combustível divulgados pela Nissan”.

“A Nissan está comprometida em promover o cumprimento e consciencialização em todas as suas áreas operacionais”, conclui um comunicado difundido pela imprensa.

Mais partilhadas da semana

Subir