Fórmula 1

Nico Rosberg mais rápido na conclusão dos testes em Spielberg

RiosbergTestSpielberg315

Nico Rosberg foi o mais rápido no segundo e último dia de testes de Fórmula 1, que esta semana se realizaram no circuito de Red Bull Ring, em Spielberg, ‘palco’ do recente Grande Prémio da Áustria.

O alemão da Mercedes aproveitou as condições climatéricas mais favoráveis do que as da véspera para realizar mais de uma centena de voltas, como a maioria dos pilotos em pista. Rosberg efetuou a melhor marca do dia em 1m09,113s utilizando os pneus supermacios da Pirelli,

Esteban Guitérrez foi o segundo mais veloz, a mais de oito décimas do vencedor da corrida de domingo aos comandos do Ferrari. Isto apesar do mexicano ter feito uma incursão pela gravilha de uma das escapatórias do traçado austríaco.

GutierrezTestSpielberg215

Para Gutierrez foi apenas a segunda vez que guiou o SF15-T, apesar de ser o terceiro piloto da Ferrari. A primeira tinha sido aquando dos testes no circuito da Catalunha, realizados logo após o Grande Prémio de Espanha.

Durante a parte inicial da sessão o mais rápido em pista foi Valtteri Bottas, mas o finlandês da Williams viria a ser relegado para o terceiro lugar da tabela de tempos, a quase um segundo da marca conseguida por Nico Rosberg. Isto apesar de ter sido o piloto que menos rodou; apenas 79 voltas.

WittmannTestSpielberg215

Aos comandos do Toro Rosso Marco Wittmann teve um dia bastante produtivo. Uma ‘prenda’ da BMW pelo seu título no DTM. No total completou 150 voltas e acabou com o quarto melhor registo. O alemão deveria ter tido tal oportunidade no ano passado em Imola, a quando do Grande Prémio de San Martino, mas tal ensaio acabou por ser cancelado devido à chuva forte que então caiu.

Depois de ter dominado os acontecimentos na terça-feira, aos commandos do Mercedes, Pascal Wehrlein ‘saltou’ para o Force India esta quarta-feira e conseguiu o quinto tempo, na melhor das 132 voltas realizadas.

Jolyon Palmer passou para os commandos do Lotus E23, onde rendeu Romain Grosjean, logrando a sexta marca do dia na melhor das 110 voltas por si efetuadas. Isto antes de parar em pista e obrigar à interrupção da sessão.

PalmerTestSpielberg115

Fernando Alonso fez mais alguns quilómetros no McLaren-Honda, e mais uma vez não foi particularmente rápido. Mesmo assim o espanhol perfez 110 voltas, imitando Stoffel Vandoorne, que na véspera também conseguiu ultrapassar a distância de uma corrida.

Alonso também teve a oportunidade de utilizar um novo ‘nariz’ no seu monolugar, cuja eficácia esteve em avaliação, tal como as soluções usadas por Daniel Ricciardo no Red Bull, até o monolugar se imobilizar envolto em fumo na última hora de testes, obrigando à amostragem de novas bandeiras vermelhas.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir