Motores

Neuville promete não ‘baixar os braços’

Apesar do revés que sofreu no primeiro dia do Rali da Austrália, com um furo que o deixou a mais de meio minuto do líder, Thierry Neuville diz que não desiste de lutar pelo título.

Segundo melhor colocado no Campeonato do Mundo antes da prova australiana, o belga da Hyundai sofreu o percalço na sexta classificativa, alegadamente por se ter distraído com a presença de um trator agrícola.

O pneu esquerdo traseiro do i20 Coupé WRC de Neuville acabou por destruir o guarda lamas do carro coreano ao mesmo tempo que provocou um atraso que relegou o belga para a 10ª posição da classificação, perdendo assim mais de 20 segundos para o seu rival na corrida ao título, Sebastien Ogier.

Apesar da deceção, o piloto da Hyundai diz que não ‘baixa os braços’, ao mesmo tempo que explica como tudo se passou: “Estávamos numa curva longa, com piso irregular e quando aterramos num salto o pneu saiu da jante. Foi isso que nos fez perder muito tempo. Não podemos perder a esperança apesar do que se passou. Foi ainda o primeiro dia, embora as nossas hipóteses no campeonato sejam agora reduzidas. Não sabemos o que se vai passar nos dois próximos dias”.

Também o chefe da equipa Hyundai alinha pelo mesmo diapasão de Thierry Neuville, mas Michel Nandan admite que a situação do seu piloto não é fácil: “Thierry será o primeiro na estrada no sábado, o que tornará tudo mais difícil”.

Para dificultar ainda mais a vida a Neuville a M-Sport Ford deu ordens a Elfyn Evans e Teemu Suninen para se deixarem ultrapassar na classificação por Sebastien Ogier, que a ‘abrir’ a estrada também não evitou perder tempo no primeiro dia do rali.

11Shares

Em destaque

Subir