Desporto

Nelson Semedo lança FC Barcelona para sétima vitória consecutiva

Um golo do português Nelson Semedo lançou hoje o líder FC Barcelona para a sétima vitória consecutiva na Liga espanhola de futebol, no reduto do Girona (2-0), em encontro da 21.ª jornada da prova.

Ao 59.º jogo pelos catalães, o internacional luso marcou o seu primeiro golo pelos campeões espanhóis, aos nove minutos, com um remate de pé esquerdo, na área, após um ressalto.

Na segunda parte, já depois do colombiano Bernardo Espinosa ver o segundo amarelo e deixar os anfitriões com 10, aos 51 minutos, o ‘inevitável’ argentino Lionel Messi aumentou a vantagem, aos 69, com um ‘chapéu’ ao guarda-redes marroquino Yassine Bounou, depois de uma tabela com Jordi Alba.

Messi reforçou a liderança da lista dos marcadores da prova, com 19 golos, em 19 jogos, aos quais acresce 10 assistências, sendo que, na sua história, aumentou o total na Liga espanhola para 402 tentos, em 437 encontros.

A formação catalã marcou cedo, na primeira oportunidade, por Nelson Semedo e quase fez o segundo, aos 16, quando Messi isolou um muito desinspirado Coutinho, mas, depois, o Girona teve muitas ocasiões para restabelecer a igualdade.

O uruguaio Christian Stuani foi o mais perigoso dos locais, mas ‘esbarrou’ no guarda-redes alemão Ter Stegen, aos 42, 50 e 55 minutos, sendo que, na primeira ocasião, Pere Pons fez a recarga e Piqué salvou sobre a linha.

Os locais, que tentavam acabar com uma série de sete jogos sem ganhar na prova, perdoaram e Messi sentenciou, marcando pela sétima jornada consecutiva (10 tentos).

Na parte final, o FC Barcelona esteve sempre mais perto do terceiro tento do que o Girona de reduzir, mas o resultado não se alterou, com a equipa de Ernesto Valverde a segurar os cinco pontos de vantagem sobre o Atlético de Madrid, que no sábado recebeu e bateu o Getafe por 2-0.

Pela manhã, o Celta de Vigo manteve-se em ‘queda livre’, sob o comando do treinador português Miguel Cardoso, ao perder por 2-1 no reduto do Valladolid.

A formação galega adiantou-se no marcador, aos 16 minutos, por intermédio do dinamarquês Pione Sisto, mas os locais deram a volta ao resultado na segunda parte, com tentos de Óscar Plano, aos 55, e Keko, aos 69.

Sob o comando de Miguel Cardoso, o Celta de Vigo soma agora, na Liga espanhola, duas vitórias, um empate e seis derrotas, cinco das quais consecutivas nas últimas cinco rondas.

Provisoriamente, o conjunto de Vigo segue no 17.º lugar, com 21 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Rayo Vallecano (joga na segunda-feira no reduto do Alavés) e cair para a zona de despromoção.

Na presente temporada, Miguel Cardoso assumiu o comando do Celta de Vigo à 13.ª ronda da Liga espanhola, depois de ter sido despedido dos franceses do Nantes, em 02 de outubro, com a equipa no 19.º e penúltimo lugar do campeonato gaulês.

Mais partilhadas da semana

Subir