Velocidade

NASCAR: Tony Stewart atropela outro piloto e pode ser acusado de homicídio

TonyStewartHomicidio114TonyStewartHomicidio114 600Tony Stewart pode ser acusado de homicídio, depois de atropelar mortalmente outro piloto. O acidente ocorreu numa corrida de ‘sprint cars’ este sábado à noite no Canadaigua Motorsports Park (estado de Nova Iorque), quando um piloto que havia capotado o seu veículo protestou com o ex-campeão da NASCAR.

Ato contínuo o tricampeão da Sprint Cup passou com o seu carro por cima do corpo do piloto, Kevin Ward Jr, de apenas 20 anos, que acabou por ser ferido mortalmente.

Num comunicado do Sherife do Condado de Ontário, é referido que “o piloto do carro que entrou em pião saiu do carro e caminhou na pista, dois carros que corriam a par aproximaram-se do piloto que gesticulava. O primeiro carro evitou o piloto saindo da pista, o segundo, guiado por Tony Stewart, acertou no piloto”.

“O piloto foi assistido pelo pessoal médico na pista e transportado para o hospital FF Thompson, onde foi pronunciado morto às 11h15. Neste momento decorre uma investigação”, acrescenta o mesmo comunicado.

A Stewart-Haas já se pronunciou sobre o sucedido, afirmando que para além de Tony Stewart não se ter magoado no inicidente, refere que os seus pensamentos estão com o piloto, a sua família e amigos. “Ainda estamos a tentar perceber todos os detalhes e pedimos que percebam o período difícil que atravessamos”, afirma a equipa.

 Tony Stewart está entre os pilotos que alinham na NASCAR, e disputava esta corrida de ‘sprint cars’ no Canadá antes de viajar para o estado de Nova Iorque, onde este domingo se disputa a prova de Watkins Glen.

Em destaque

Subir