Nacional

“Não há nada a perder quando já se perdeu o que havia de mais importante”, desabafa Judite

Judite Sousa deixou um desabafo nas redes sociais onde aproveita para deixar reparos sobre a vida e a profissão. A jornalista lembra que “não há nada a perder quando já se perdeu o que havia de mais importante”.

“Todos temos os nossos problemas mas nem todos os problemas são iguais”, começou por escrever a diretora da TVI.

Na publicação, Judite de Sousa, que perdeu o seu filho único, quando esteve tinha 29 anos vítima de um acidente numa piscina, apela ainda a que se faça uma reflexão sobre a vida.

“Vamos pensar nisto a sério e chegaremos à conclusão que determinadas pessoas, que decidem viver, tornam-se muralhas de aço do ponto de vista psicológico e comportamental”

No texto, a jornalista reconhece que “não há nada a perder quando já se perdeu o que havia de mais importante”.

Frequentemente, Judite de Sousa costuma falar sobre o filho e já chegou até a usar, por exemplo, as notas académicas de André Sousa Bessa para inspirar estudantes.

Agora, a jornalista faz uma reflexão sobre a vida, não deixando de referir os desafios da profissão.

Judite Sousa salienta, nesse capítulo, que ‘fake news é tempo perdido”.

Mais partilhadas da semana

Subir