Desporto

“Não guardo rancor”, garante Castro, que deixou FC Porto sem ter “oportunidade”

castroNão é a primeira entrevista de Castro depois de sair do FC Porto, mas a revelação é inédita: o médio lamenta nunca ter tido uma “verdadeira oportunidade” de se afirmar nos dragões. “Não guardo qualquer tipo de sentimento ou rancor”, assegura o agora jogador do Kasimpasa.

André Castro assumiu frontalmente, pela primeira vez, a tristeza por nunca ter tido uma “verdadeira oportunidade” no FC Porto, o clube onde se formou e do qual saiu para representar o Kasimpasa, da Turquia.

“Fiz coisas boas no FC Porto, fui campeão. Nunca tive a minha verdadeira oportunidade, mas não guardo qualquer tipo de sentimento ou rancor”, afirmou claramente o médio, numa entrevista à Antena 1.

Sem qualquer “rancor”, Castro vai continuar a torcer pelos dragões: “como adepto, espero que o FC Porto faça boa época e seja campeão e desejo toda a sorte do mundo”.

Os desejos para o antigo clube são semelhantes ao que o antigo internacional jovem português guarda para si próprio, agora que vai disputar o campeonato turco como elemento do Kasimpasa, o mesmo clube que representou na última época por empréstimo.

“Fui vendido a um clube que apostou em mim. Estou feliz e espero prosseguir aqui a carreira e fazer mais uma boa época”, frisou o jogador.

Em destaque

Subir