Nas Notícias

“Não faz sentido reatar a fronteira enquanto existir quarentena em Espanha”

A fronteira terrestre com Espanha vai continuar fechada até julho, antecipou o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Lembrando as restrições no país vizinho devido à pandemia, o governante explicou que a probabilidade da reabertura da fronteira é muito escassa.

“Nós, neste momento, temos a fronteira terrestre encerrada até 15 de junho. Iremos analisando essa situação. Eu admito que, se as próprias autoridades espanholas já disseram que antes de 01 de julho não haverá liberdade de circulação, provavelmente temos de manter encerrada a fronteira terrestre todo este mês de junho”, salientou Eduardo Cabrita, à margem da cerimónia de inauguração da esquadra da PSP de Cedofeita, no Porto.

Dado que em Espanha as restrições são mais apertadas, “não faz sentido” reabrir a fronteira, insistiu o governante.

“Não faz sentido reatar a fronteira terrestre enquanto em Espanha existir uma situação epidemiológica que exige acompanhamento e enquanto existir uma quarentena interna”, concluiu o ministro.

0Shares

Em destaque

Subir