Local

Museu do Vidro comemora 20 anos e convida a conhecer a arte vidreira

O Museu do Vidro, na Marinha Grande, no distrito de Leiria, está a festejar o seu 20.º aniversário através de um programa comemorativo que convida a conhecer a arte vidreira.

Numa nota de imprensa, a Câmara da Marinha Grande, liderada por Cidália Ferreira (PS), revela que durante o mês de dezembro a programação escolhida “pretende evocar duas décadas do único espaço museológico do país dedicado à indústria vidreira”.

O programa comemorativo tem como objetivo “proporcionar ao público de todas as idades um contacto com o Museu do Vidro, a arte e a indústria vidreira”.

“É um grande orgulho para os marinhenses e até para o país a celebração de 20 anos de atividade de um museu, que é o único do país especificamente vocacionado para o estudo da arte, artesanato e da indústria vidreira em Portugal. Retrata mais de dois séculos da indústria vidreira e honra as origens deste concelho”, afirmou Cidália Ferreira, citada numa nota de imprensa.

O Museu do Vidro “apresentou exposições de nomes consagrados da indústria vidreira marinhense, do país e com relevo internacional, além de reunir coleções que testemunham a atividade industrial, artesanal e artística vidreira portuguesa, desde meados do século XVII/XVIII até à atualidade”.

Com entradas gratuitas durante todo o mês de dezembro, estão previstas oficinas infantis e a inauguração da exposição “Aromas em vidro, frascos de perfume portugueses e internacionais, coleção Afonso Oliveira”.

No dia 12, no salão Nobre da Câmara Municipal, está prevista a conferência “Vidro: Identidade e Oportunidade”, com Eliseo de Pablos, Fernando Quintas e Carlos Munoz de Pablos, e, no dia seguinte, um ‘workshop’ de trabalho de vidro ao vivo, com Alfredo Poeiras e Diego Rodriguez – artesão do Real Sitio de San Ildefonso (Espanha) para escolas e público em geral.

Vários momentos musicais também irão assinalar o mês festivo.

Mais partilhadas da semana

Subir