Desporto

Mundiais de ginástica artística terminam com sexto ouro para Simone Biles

A norte-americana Simone Biles conseguiu hoje mais um título mundial, na disciplina de solo, chegando ao 14.º no total em campeonatos do mundo de ginástica, nos Mundiais de Doha, que hoje terminaram.

Ao todo, são 14 os títulos mundiais, e 20 as medalhas, conquistados por Biles, de 21 anos, reforçando o estatuto de grande figura em Doha, com quatro ouros, além de uma prata e um bronze.

Depois de vitórias no salto, além do concurso completo e a mesma especialidade por equipas, o novo título reforça o recorde de títulos mundiais, 11 dos quais conquistados em finais individuais.

A ginasta de Columbus ficou em terceiro lugar na trave, atrás da chinesa Liu Tingting, nova campeã, e da canadiana Anne-Marie Padurariu, segunda com apenas 16 anos.

No último dia, disputaram-se as duas últimas finais individuais femininas, em que Biles venceu uma e acabou em terceiro noutra, além de três provas masculinas.

Na barra fixa, o título foi para o holandês Epke Zonderland, campeão do mundo pela terceira vez nesta modalidade, batendo o japonês Kohei Uchimura e o norte-americano Sam Mikulak.

Nas paralelas, o chinés Zou Jingyuan revalidou o título que já tinha conseguido em 2017, enquanto o ucraniano Oleg Verniaiev também repetiu a segunda posição do ano passado.

No terceiro lugar ficou o russo Artur Dalaloyan, campeão de solo e do concurso completo em Doha, sendo que no salto o título foi para o norte-coreano Ri Se-gwang, de 33 anos, na terceira ‘coroa’ mundial, que se junta ao título olímpico em 2016.

Mais partilhadas da semana

Subir