Mundo

Mulheres conduzem melhor do que os homens, revela estudo britânico

Um estudo realizado por investigadores britânicos revelou que os homens três quatro vezes mais probabilidade de cometer uma infração do que as mulheres, desmistificando a teoria de que ‘elas’ são piores ao volante do que ‘eles’.

Por serem menos propensas a cometerem uma infração, as mulheres apresentam também um risco muito mais reduzido de se envolverem em acidentes.

Como exemplo, o estudo refere que 23 por cento dos homens inquiridos admitiram não sinalizar a mudança de via com o pisca, contra 17 por cento das mulheres.

As estatísticas apontam outro exemplo: em 2017, 79 por cento dos 585 mil condutores que foram a tribunal eram homens.

Em consequência dos riscos mais reduzidos de infração e acidente, as mulheres beneficiam de seguros mais baratos face aos homens.

Se os homens têm uma probabilidade quatro vezes superior de cometer uma infração, a relação sobe para cinco vezes quando se trata de conduzir sob o efeito do álcool.

O estudo, divulgado por um site de comparação de preços, apresentou ainda uma conclusão intrigante.

Apesar das mulheres serem ‘mais seguras’ ao volante, têm uma taxa de reprovação nas escolas de condução superior à dos homens.

23Shares

Mais partilhadas da semana

Subir