Nas Notícias

Mulher morre na prisão de Tires, companheira de cela é transportada para o hospital

Uma reclusa foi encontrada inanimada numa cela da prisão de Tires, nesta quarta-feira, avança o jornal Público. Outra mulher que cumpre pena na mesma cela teve de ser transportada para o hospital, devido a doença cardíaca.

Uma mulher com 30 anos morreu na cela do Estabelecimento Prisional de Tires, onde foi declarado o óbito da vítima, adianta o jornal Público, que avança com informação oficial da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

A reclusa, encontrada inanimada, foi alvo de manobras de reanimação, que se revelaram infrutíferas.

O corpo da vítima vai ser submetido a autópsia, para determinar as causas da morte, ainda desconhecidas.

Uma companheira de cela teve de ser transportada para o hospital, por sofrer de doença cardíaca. A reclusa apresentava tensões altas.

No entanto, os dois episódios não estão relacionados, apesar de ocorrerem no mesmo dia, segundo garantem os serviços prisionais.

Esta reclusa, depois de observada no hospital, regressou à prisão de Tires, encontrando-se bem.

Mais partilhadas da semana

Subir