Animais

Mulher condenada a prisão por “assédio sexual”… a um macaco

Uma mulher de 25 anos foi condenado a três anos de prisão por assediar sexualmente um macaco que estava à venda numa loja em El-Mansura, no Egito.

De acordo com a imprensa local, citada pelo ‘The Sun‘, a mulher foi indiciada por “incitação à libertinagem” após ter sido filmada a tocar nos genitais do animal, no interior do estabelecimento.

Basma Ahmed confessou o incidente “mas explicou que não queria comer o ato indecente, apenas fazer cócegas ao macaco”.

A mulher foi detida pela primeira vez em Outubro, quando as imagens começaram a circular nas redes sociais.

À detenção inicial de quatro dias foram acrescentados mais 15 para aprofundar a investigação.

Terminou esta quinta-feira, com Ahmed a ser acusada de “incitação à libertinagem”.

Mais partilhadas da semana

Subir