Nas Notícias

Morre em campo nos festejos por marcar golo do empate

medio indiano Ao marcar um golo, Peter Biaksangzuala saltou para a morte. O médio do Bethlehem Vengthlang, da Índia, tentou festejar com um mortal, ‘à Nani’, mas caiu desamparado. Ficou inconsciente e foi levado para o hospital, falecendo após cinco dias de internamento.

O acidente ocorreu na semana passada, mas só ontem foi confirmado o óbito. Peter Biaksangzuala, médio de 23 anos do Bethlehem Vengthlang, não resistiu a um problema grave na espinha dorsal e faleceu após cinco dias de internamento hospitalar.

Biaksangzuala magoou-se ao festejar um golo, na jornada em que o Bethlehem Vengthlang defrontou o Chanmari West, para a terceira divisão do estado de Mizoram.

Após registar o empate a um golo, o médio começou a festejar com uma série de saltos mortais. Acertou o primeiro, ainda com ajuda dos braços, mas falhou o segundo, caindo inconsciente no relvado.

“Estamos chocados com o caso”, admitiu o secretário da Associação de Futebol de Mizoram, Lalnghinglova Hmar, à Reuters: “Fizemos tudo que pudemos, mas não conseguimos salvá-lo”.

“Como o presidente da Associação é também o ministro da Saúde, ele fez todo o possível, embora não estivesse trabalhando na ocasião”, acrescentou o dirigente, revelando que Biaksangzuala ficou “inconsciente durante a maior parte do tempo”, tendo “pronunciado algumas palavras ocasionalmente”.

O médio ainda foi levado para um hospital, onde ficou internado cinco dias, mas não resistiu aos danos na espinha dorsal.

O Bethlehem vai a camisola 21, em homenagem ao médio, e a federação vai organizar uma partida em sua memória.

O vídeo pode ferir a susceptibilidade dos espetadores.

Em destaque

Subir