Desporto

Morre após cortar a meta na maratona de Londres, onde Jéssica Augusto foi sexta

londres maratona 2014londres maratona 600Homem com 42 anos morreu no passado domingo, em Londres, onde decorreu a maratona da capital inglesa. O atleta perdeu os sentidos logo após cortar a meta. A identidade da vítima não foi revelada. A portuguesa Jéssica Augusto foi sexta classificada, na prova feminina.

A maratona de Londres ficou marcada pela morte de um homem, cuja identidade foi ocultada pela organização. Sabe-se apenas que a vítima tinha 42 anos e que perdeu os sentidos pouco depois de cortar a meta, na conhecida prova londrina, neste domingo.

O atleta foi assistido no local e transportado a um hospital de Londres, onde veio a falecer pouco tempo depois, segundo informou a organização da competição.

“Os nossos pensamentos e profunda solidariedade estão com a família e amigos neste momento difícil”, destacou a organização, através de um porta-voz, citado pela agência de notícias EFE.

Esta morte acabou por marcar profundamente a maratona de Londres, que foi ganha pelo queniano Wilson Kipsang, na prova masculina (recordista do mundo).

A também queniana Edna Kiplagat, campeã mundial da maratona nos anos de 2011 e 2013, venceu a corrida feminina, com a portuguesa Jéssica Augusto a classificar-se em sexto lugar.

Jéssica conseguiu estabelecer uma nova marca pessoal, com 2h24m25s a cifrar-se como novo recorde da atleta lusa. Jéssica Augusto garante, com este tempo, o segundo melhor registo de sempre em Portugal, apenas superada por Dulce Félix.

Félix também participou na maratona de Londres, classificando-se no oitavo lugar.

Em destaque

Subir