Mundo

Morre a jornalista que se despediu do mundo no Twitter

A jornalista Rachael Bland, de 40 anos, que publicou um tweet na segunda-feira a despedir-se dos amigos, revelando que teria “poucos dias de vida”, morreu nesta quarta-feira, vítima de cancro da mama. A informação foi avançada pelo marido.

“A nossa linda e corajosa Rachael morreu, na manhã de hoje, em paz, rodeada da família. Sentimo-nos devastados. Ela pediu-me que vos agradecesse todas as mensagens de apoio que enviaram”, escreveu o marido da jornalista, Steve, nas redes sociais.

A história de Rachael Bland ecoou pelo mundo, depois de um tweet da jornalista, onde revelara que teria poucos dias de vida.

“Receio que chegou a hora, meus amigos. E de forma súbita. Restam-me alguns dias de vida. (…) Adeus, meus amigos”, escrevera a pivô da BBC e locutora da BBC Radio 5, na passada segunda-feira.

A publicação, uma despedida, serviu também para agradecer “todo o apoio” manifestado por família, amigos e colegas de trabalho, bem como telespectadores que acompanharam o drama da pivô da BBC.

Rachael Bland foi diagnosticada com cancro da mama em 2016. Desde então, redirecionou o seu trabalho e apresentou um programa sobre cancro chamado ‘You, Me & the Big C’ [‘Eu, Tu e o Grande C’, a inicial de cancro].

O prognóstico médico cumpriu-se e a batalha terminou nesta quarta-feira.

Recentemente, a locutora abordou a doença e emocionou-se.

Recorde esse vídeo:

https://playbuffer.com/watch_video.php?v=323KMNYXABG6

Em destaque

Subir