África

Moçambique vacina 450 mil animais contra febre aftosa

Mais de 450 mil animais foram vacinados contra o surto de febre aftosa em Moçambique, no âmbito das medidas preventivas de proteção do gado bovino contra uma eventual ocorrência da febre, disse fonte do Ministério da Agricultura.

“Neste momento, podemos dizer que a situação permanece estacionária, com tendência a estar controlada”, afirmou a chefe do departamento de Epidemiologia no Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar (MASA), Florência Massango, citada hoje pelo diário Notícias.

Nesta fase da campanha de imunização do gado, foram abrangidos alguns distritos das províncias de Maputo, Gaza e Inhambane, no sul, Nampula, norte, e Zambézia, Manica e Tete, no centro.

O controlo foi reforçado nos distritos dessas províncias por serem consideradas áreas propensas à ocorrência da febre aftosa.

“O último surto que registámos foi em maio, no distrito de Marara, em Tete, e foi controlado pelas autoridades veterinárias”, acrescentou Massango.

A febre aftosa registou um rápido alastramento em Moçambique devido a dificuldades na inspeção e controlo do movimento interno do gado e carnes.

A febre aftosa afeta a produção animal, mas não tem repercussões na saúde pública e é endémica em vários pontos do mundo, nomeadamente no Médio Oriente, África, Ásia e América Central e do Sul.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir