Mundo

Ministro demitido por levar telemóvel de serviço para férias

Um ministro do Governo norueguês acabou por deixar o elenco governativo depois de ter ido de férias e ter levado o telemóvel de serviço.

Mais que uma questão de regra de conduta, o governante terá violado uma regra de segurança do país ao partir para férias com o telemóvel de serviço.

Per Sandberg, que desempenhava funções como ministro das pescas, deixou também o cargo que tinha como vice-presidente do Partido do Progresso (FrP).

“Per [Sandberg] pediu para deixar o cargo e creio que é a decisão correta. Não mostrou o discernimento necessário a lidar com o tema da segurança”, assumiu Erna Soldberg, a primeira-ministra.

Per Sandberg já havia quebrado o protocolo, de acordo com a imprensa norueguesa, quando, em maio, levou o telefone de serviço para a China.

Desta vez, o agora ex-ministro foi para o Irão que é, a par da China e da Rússia, dos países onde a Noruega considera serem mais elevados os índices de espionagem.

Mais partilhadas da semana

Subir