Benfica

“A minha forma de estar que sirva de exemplo aos treinadores que estão a começar”

No final do encontro frente ao Sporting, Rui Vitória teceu duras críticas à arbitragem de Carlos Xistra, considerou ter sido melhor que o rival e que acredita no 2.º lugar, mas recusou comentar o título conquistado pelo FC Porto.

“Fico desagradado com este tipo de arbitragens e digo isto porque ao longo do ano fui sempre um treinador que tentou ser o mais educado possível, o mais coerente e com cuidado com as arbitragens. Já conheço o Carlos Xistra há muitos anos, mas hoje não teve a qualidade que é necessária para um jogo destes”, começou por dizer o técnico encarnado, antes de atirar que lhe “apetecia baixar o nível”.

“Estou a falar com a maior educação porque o que me apetecia era baixar o nível. Como é que este tipo de arbitragens podem ser feitas? Isto foi para ver se saímos todos na mesma”, atirou.

Sobre o encontro dentro das quatro linhas, Rui Vitória considerou que o Benfica “foi melhor”, e que só na segunda metade o Sporting conseguiu “desequilibrar um bocadinho”.

“Nós viemos cá para ganhar o jogo, mostrámos a nossa qualidade e houve ali lances em que não se marcou. O Sporting não estava à espera que jogássemos desta maneira. Tenho é de dar os parabéns aos meus jogadores e dar uma palavra de apreço aos benfiquistas”, referiu.

O 2.º lugar é, por isso, uma meta ao alcance do Benfica, esperando que “seja tudo o mais equilibrado possível”.

“E não estou a fazer balanços do campeonato. Mas houve muitos pénaltis para serem assinalados. Espero que a última jornada corra muito bem. Que a minha forma de estar sirva de exemplo para os treinadores que estão agora a começar”, rematou.

Mais partilhadas da semana

Subir