Nas Notícias

Mindelo acolhe 72.º Centro de Língua Portuguesa que vai ser inaugurado quinta-feira

O Centro de Língua Portuguesa – Mindelo, na ilha cabo-verdiana de São Vicente, que dispõe de um acervo bibliográfico com cerca de 750 títulos em várias áreas da literatura, vai ser inaugurado na quinta-feira.

Instalado na Faculdade de Educação e Desporto, este centro resulta de um protocolo de cooperação assinado entre o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua e a Universidade de Cabo Verde.

O Centro de Língua Portuguesa – Mindelo disponibiliza uma biblioteca, um espaço de pesquisa e outro de reuniões, e um gabinete de trabalho.

É objetivo desta instituição apoiar a nível científico os estudantes da licenciatura em Língua Portuguesa e Estudos Cabo-verdianos, desenvolver atividade no âmbito da investigação em didática da Língua Portuguesa e identificar e descrever o lugar da língua portuguesa no âmbito dos programas curriculares.

Produzir bibliografia e material de apoio que sustente práticas de divulgação e ensino da Língua Portuguesa e estabelecer ou aproveitar formas de divulgar a investigação produzida, através da formação dos agentes envolvidos nas políticas de língua (como professores, leitores entre outros) é outro dos propósitos do Centro.

Atualmente, o centro dispõe de um acervo bibliográfico com cerca de 750 títulos, nas áreas da literatura infantojuvenil, didática da língua, didática da literatura, linguística, literatura de expressão portuguesa, manuais, gramáticas, dicionários e obras generalistas.

Pretende ser igualmente “um espaço de promoção da cultura, dinamizando atividades no âmbito do universo académico, mas também da comunidade educativa e do público em geral, fomentando o diálogo interartes e interdisciplinar em contexto multilingue e multicultural”, segundo uma nota da Cooperação Portuguesa.

Financiado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, o novo centro de língua portuguesa vai integrar uma rede que conta agora com 72 centros de língua portuguesa, presentes em 43 países.

O centro será na quinta-feira inaugurado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades de Cabo Verde, Luís Filipe Tavares, e a embaixadora de Portugal neste país africano, Helena Paiva.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir