Motores

Miguel Ramos com jornada para esquecer em Barcelona

A etapa do International GT Open não correu de feição a Miguel Ramos, pois os resultados obtidos arredaram-no praticamente da luta pelo título.

O piloto português, que mais uma vez dividiu o Mercedes AMG GT3 # 10 com o italiano Fabrizio Crestani, concluiu a primeira corrida do fim de semana na 10ª posição e segunda na sétima, mas muito longe daquilo que podia ter conseguido.

Ramos parecia, na manhã de sábado, rumar a um bom resultado, pois na qualificação para a primeira corrida a dupla luso-italiana logrou o melhor tempo, mas a prova acabaria por ser bem diferente.

Na partida Crestani foi surpreendido por dois adversários que cortaram a chicane da curva 1, e manteve-se na luta pelos primeiros lugares numa pista molhada pela chuva que tinha caído pouco tempo antes.

Ramos assumiu os comandos do Mercedes nas paragens nas boxes e chegou mesmo à liderança, conseguiu ganhar uma importante vantagem – cerca de 20 segundos – sobre o segundo classificado. Parecia que ‘caminhava’ para a vitória.

Só que a decisão de não trocar de pneus de chuva para ‘slick’ acabou por custar caro e ao fim de três voltas a pista começou a secar e todos os carros com pneus para piso seco dominaram a última parte da corrida, fazendo com que o piloto de Vila Nova de Gaia terminasse apenas no 10º posto.

“Foi muito mau. Decidimos mal. Partimos da ‘pole position’, tínhamos a corrida perfeitamente na mão e de repente perdemos tudo”, desabafou Miguel Ramos no rescaldo de um fim de semana que continuaria a correr mal para a dupla do Mercedes # 10.

No domingo o 11º lugar na grelha de partida não perspetivava melhor resultado para Ramos e Crestani, que ainda assim procurou recuperar o máximo de posições e não sair do Circuito da Catalunha de ‘mãos completamente a abanar’. A sétima posição final foi o resultado possível, mas não aquele que o português e o italiano almejavam nesta passagem do GT Open por Barcelona.

Agora a Miguel Ramos, quinto no campeonato, resta esperar por Monza – a 12 e 13 de outubro – para fechar a temporada com um bom resultado já sem fazer muitas contas à classificação final da competição.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir