Motociclismo

Miguel Oliveira lamenta queda numa prova difícil mas prometedora

Miguel Oliveira voltou a não terminar uma prova de MotoGP. No Grande Prémio de San Marino voltou a sofrer uma queda e quando rodava numa posição pontuável.

Largando do 19º lugar, o piloto português da Red Bull KTM Tech3 teve um começo de prova complicado. No entanto depois começou a recuperar lugares indo ao solo quando seguia em 15º.

Miguel ainda se levantou, regressando à corrida no 21º posto. Lutou bastante e cortou a meta no 16º posto, a apenas um lugar de poder voltar a pontuar. “Foi uma corrida difícil, como previra-mos”, concedeu no final.

Para o piloto de Almada foi importante perceber que tinha bom ritmo de corrida: “Foi uma pena que tenha sofrido um acidente no começo. Não há muito a dizer. Posso apenas lamentar, porque mais uma vez estávamos dentro dos nossos objetivos, que era terminar nos pontos”.

“Estivemos razoavelmente competitivos na corrida, mas tive que gerir o pneu da frente no calor. Por isso foi difícil e não consegui evitar a queda. Quando voltei a pegar na moto tive um bom andamento, por isso o resultado acaba por ser dececionante. Vamos continuar o nosso trabalho na próxima semana em Aragon, e espero terminar a corrida lá, onde posso terminar bem”, acrescenta Miguel Oliveira.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir