Motociclismo

Miguel Oliveira em dificuldades em Phillip Island

Miguel Oliveira sentiu imensas dificuldades na qualificação para o Grande Prémio da Austrália de Moto2, e vai largar apenas da 20ª posição para a corrida de domingo em Phillip Island.

O piloto português da Red Bull KTM Ajo quase dois segundos do melhor tempo, conseguido pelo italiano Mattia Pasini, e, mais do que isso, foi bastante mais lento do que o seu companheiro de equipa Brad Binder.

Decididamente algo não funcionou bem na moto # 44, que deixou Oliveira surpreendido face ao desempenho nos treinos livres: “Estou dececionado com este resultado, porque não era o que esperava após as boas sessões de treinos livres que tinha tido. Agora é preciso olhar para a frente e conseguir o melhor resultado possível na corrida”.

O andamento de Pasini foi mesmo de uma classe à parte, com o piloto transalpino da Italtrans a bater Marcel Schrotter por 0,256s e Xavi Vierge por 0,353s, com Binder a ficar a mais de cinco décimas, dividindo a segunda fila da grelha de partida com Dominique Aegerter e Fabio Quartararo, sendo que o líder do campeonato, Francesco Bagnaia também não realizou uma boa qualificação mas largar à frente de Miguel Oliveira, da 16ª posição do ‘grid’.

4Shares

Mais partilhadas da semana

Subir