Nas Notícias

Miguel Albuquerque é aclamado líder do PSD/Madeira este fim de semana

Miguel Albuquerque será aclamado este fim de semana, no XVII Congresso Regional dos sociais-democratas, presidente do PSD/Madeira, depois de ter ganho, em dezembro, as eleições internas do partido ao obter 98,4 por cento dos votos dos militantes.

Dos 3.348 em condições de votar, 2.715 exerceram o direito, dos quais 2.671 apoiaram a reeleição de Miguel Albuquerque que concorreu sozinho à liderança do PSD/M.

O sucessor de Alberto João Jardim leva ao Congresso, que termina domingo com a presença do presidente do PSD nacional, Rui Rio, a Moção de Estratégia Global “Mais Autonomia, Melhor Autonomia” que direciona o combate político “aos ditames” e “às chantagens” de Lisboa a favor do reforço e alargamento da autonomia política do arquipélago.

“Lutámos muito para que deixemos agora Lisboa recuperar o poder que teve sobre nós. Deixar que o Terreiro do Paço volte a nos dominar seria o nosso fim”, alerta.

Miguel Albuquerque é presidente do XII Governo Regional desde 20 de abril de 2015, após as eleições de 29 de março de 2015, nas quais o PSD/M voltou a reeditar uma maioria absoluta na Assembleia Legislativa da Madeira ao obter 56.574 votos (44,36 por cento).

Nas legislativas regionais de 22 de setembro, Miguel Albuquerque é, de novo, o candidato do PSD/M à presidência do Governo Regional e terá como adversário o atual presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, como candidato independente pelo PS/M.

O PSD/M realiza hoje e domingo o seu XVII Congresso Regional, no Centro de Congressos do Casino.

Os trabalhos iniciam-se pelas 15:00 de sábado, com a tomada de posse dos novos elementos da Comissão Política e do Secretariado, eleitos no passado dia 14 de dezembro, seguindo-se as intervenções do presidente da Mesa, Sérgio Marques, do presidente da Comissão Política Regional, Miguel Albuquerque, que irá apresentar a Moção de Estratégia Global, e do presidente honorário do PSD/M, Alberto João Jardim.

Após as intervenções de abertura, serão apresentadas as moções setoriais.

Foram submetidas seis, uma da responsabilidade da Concelhia do PSD/Funchal, que será apresentada por Rubina Leal, uma da ARASD (Autarcas Social-Democratas), apresentada por Pedro Coelho, e outra da JSD (Jovens Social-Democratas), apresentada por Bruno Melim. As restantes terão por porta-voz Cláudia Monteiro de Aguiar, Paulo Neves e Rubina Berardo como primeiros subscritores.

Seguir-se-á um momento de debate generalizado, que decorrerá até ao final dos trabalhos de sábado.

No domingo, entre as 10:00 e as 13:00, será realizada a eleição da Mesa, do Conselho Regional e do Conselho de Jurisdição, estando a sessão de encerramento marcada para as 15:00, iniciando-se com a tomada de posse dos órgãos eleitos em Congresso e com a votação das moções.

As intervenções, entre as quais as do presidente do PSD Nacional, do PSD/Madeira e do novo presidente da Mesa, finalizam o encontro dos social-democratas madeirenses.

Mais partilhadas da semana

Subir