Apresentações/Novidades

Mazda CX-30 e MX-30 conquistam prémios de design

Os novos Mazda CX.30 e MX-30 foram reconhecidos com o troféu ‘Red Dot Product Design 2020.

O SUV compacto CX-30 e o MX-30, o primeiro modelo 100 por cento eléctrico da Mazda, juntam-se, assim, à crescente lista de modelos da marca de Hiroshima desenhados sob a égide da filosofia de design Kodo que já obtiveram tal distinção.

Segundo modelo de produção criado ao abrigo da nova filosofia de design, o novo CX-30 possui elementos estéticos repletos de arte, enraizados na estética tradicional japonesa. A conceção de cada elemento do CX-30 de acordo com o princípio de menos é mais resultou num conjunto de superfícies limpas e harmoniosas, trazendo para o segmento dos SUV compactos um visual totalmente original.

O seu interior, de elevada qualidade e centrado no ser humano combinando a excelência ergonómica com tecnologia de ponta. Os mais recentes desenvolvimentos na arquitetura Skyactiv aproveitam a capacidade de equilíbrio inerente das pessoas para um controlo mais natural e intuitivo do veículo, ao mesmo tempo que a gama de mecânicas integra o bloco Skyactiv-X, o motor a gasolina que proporciona uma eficiência semelhante a um diesel.

Já o novo MX-30 representa uma exploração de uma estética mais moderna apesar de manter os valores estéticos de design Kodo, sendo que em termos de motorização é dotado do bloco e-Skyactiv, a nova tecnologia eléctrica da Mazda, possui uma bateria de iões de lítio de 35,5 kWh, permitindo-lhe uma autonomia na ordem dos 200 km, muito superior à média diária de 48 km que os clientes europeus percorrem.

A aplicação da nova arquitetura Skyactiv, bem como as tecnologias de segurança i-Activsense foram adaptadas a este VE de modo a complementar na perfeição o comportamento inerentemente suave, silencioso e totalmente elétrico do modelo.
Tratam-se também os oito e novo galardões Red Dot conquistados pelo design Kodo da Mazda. Já em 2019 trinham sido atribuídos ao novo Mazda3 em 2019, em 2017 ao MX-5 RF, em 2015 ao MX-5 soft top, CX-3 e Mazda2, em 2014 à anteriores geração do Mazda3 , e em 2013 do Mazda6.
Em ambas as propostas há uma série de alterações no design, com o pára-choques dianteiro a ser revisto, exibindo agora molduras inferiores dos faróis de nevoeiro com novos formatos assiméticos. As óticas dianteiras e as luzes de circulação diurnas são ambos em LED e foram redesenhados, completando assim o design dianteiro comum ao resto da gama Civic.
Há uma nova entrada de ar com maiores dimensões e a grelha dianteira menos espessa e maior, oferecendo mais fluxo de ar e permitindo diminuir a temperatura do líquido de arrefecimento de até 10ºC, sendo que com a nova aerodinâmica os técnicos da Honda conseguiram reduzir força descendente dianteira, resultante da maior abertura da grelha dianteira foi compensada por um defletor aerodinâmico debaixo do para-choques, agora ligeiramente mais profundo e modificado para incluir novas secções estriadas em cada ponta, com o objetivo de canalizar o ar novamente para o spoiler.

0Shares

Em destaque

Subir