Apresentações/Novidades

Mazda com regresso inovador do motor rotativo

A memória dos motores rotativos da Mazda foi agora avivada pela marca de Hiroshima, ao lançar um novo propulsor desse género em versão de extensor de autonomia elétrica.

Quem se lembrar dos famosos RX7 ou do protótipo 787B que venceu as 24 Horas de Le Mans de 1991 guarda na memória uma tecnologia que se distinguiu das demais no universo da indústria automóvel.

Os propulsores de rótores sempre foram uma classe à parte. Algo de que a Mazda se orgulha mas que agora projeta no futuro para outras tecnologias e fontes de energia. Insere-se também no plano que a marca japonesa tem para dois veículos alimentados a bateria. Num dos casos será a única fonte de energia, enquanto outro terá um extensor de autonomia sob a forma de um bloco pequeno, leve e silencioso. Exatamente o oposto do que se passava com o ruidoso 787B que ganhou em Le Mans.

Os planos de lançamento dos dois automóveis está previsto para 2020, sendo que para além do facto de recorrer a um motor rotativo utiliza um extensor cuja finalidade é aumentar a autonomia recarregando a bateria sempre que necessário. Um facto que elimina o fator de ansiedade ligado à autonomia dos atuais veículos elétricos.

Mas a novidade deste propulsor da Mazda também é o facto de compatibilizar o princípio rotativo com os denominados combustíveis gasosos, através de um extensor de autonomia que foi projetado também para queimar gás liquefeito de petróleo e tornar-se numa fonte de energia elétrica em casos de emergência.

O construtor de Hiroshima antecipa assim o facto de que em 2030 irá produzir 95% dos veículos com alguma forma de eletrificação, continuando a focar-se na maximização da eficiência do motor de combustão interna, de que é exemplo o seu novo bloco a gasolina SKYACTIV-X de nova geração, que provoca a combustão através de ignição por combustão.

A Mazda não descura o compromisso que tem em termos de redução das emissões de CO2 ‘Well-to-Wheel’ em 50% até 2030, mas também está empenhada no princípio da solução certa na hora certa, dado que a disponibilidade de fonte de alimentação automóvel varia de região para região, em qualquer parte do Mundo.

Mais partilhadas da semana

Subir