Nas Notícias

“Máximo” risco de incêndio coloca 24 concelhos de Portugal continental em alerta

bombeiroO nível “máximo” de risco de incêndio cobre hoje 24 concelhos de Portugal continental. Segundo o Instituto de Meteorologia, as principais atenções viram-se para o distrito da Guarda, com sete concelhos em alerta, segundo de Viseu, com cinco.

O nível “máximo” de risco de incêndio, o mais elevado de uma escala de cinco, foi hoje atribuído pelo Instituto de Meteorologia (IM) a 24 concelhos de Portugal continental. As elevadas temperaturas, a baixa humidade relativa e a tipologia do vento são os principais fatores que levaram o IM a optar pelo nível mais elevado de prevenção.

O distrito da Guarda é o que mais preocupa a instituição, com um total de sete concelhos debaixo de risco “máximo” de incêndios. Bem perto, com cinco, ficou o distrito de Viseu, enquano no de Coimbra estão quatro municípios com o mesmo nível. Leiria e Castelo Branco, com três, e Santarém, com dois concelhos, são os outros distritos debaixo do nível “máximo” de risco.

Ontem foram registadas 243 ocorrências de incêndio, combatidas por 3918 operacionais e 1039 veículos, segundo a informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil. Segundo esta entidade, hoje já estavam contabilizados 16 incêndios, dois dos quais ainda se mantêm ativos.

Em destaque

Subir