Fórmula 1

Max Verstappen não se vê a lutar pelo título

Apesar da vitória no Grande Prémio Áustria de Fórmula 1, Max Verstappen não está convencido de ter qualquer hipótese de lutar pelo título este ano.

O holandês da Red Bull tem feito boas provas nas três últimas corridas, num contraste com um péssimo arranque da temporada, mas discutir o campeonato é coisa que lhe parece neste momento pouco provável.

O ‘ponto mais baixo’ da temporada – a colisão e auto-eliminação com o seu companheiro de equipa Daniel Ricciardo no Azerbaijão – parece ser coisa do passado, e depois do Mónaco os resultados de Verstappen têm sido mais consistentes e chega ao Grande Prémio da Grã-Bretanha a apenas três pontos do australiano da Red Bull.

Contudo são 53 os pontos que separam o holandês nascido na Bélgica do topo da classificação, e Max considerou ser muito complicado anulá-los: “Não temos o conjunto para rivalizar com os melhores em todas as pistas. Se tomarmos como exemplo Monza penso que será muito difícil isso acontecer naquele traçado”.

“Tudo depende da situação em que nos encontrarmos. Se temos o nosso companheiro de equipa como adversário, ou temos uma hipótese de recuperar  ou não. Mas não penso que estejamos em tal posição. É certo que seremos competitivos em certos circuitos, onde podemos lutar pela vitória, mas isso não acontecerá todos os fins de semana. E para ‘apagar’ o défice (para os da frente) teremos de ganhar quase todos os fins de semana”, sublinhou Max Verstappen em Silverstone, onde este fim de semana se disputa o Grande Prémio britânico.

Se é verdade que o holandês admitiu que o chassis do Red Bull “é o melhor”, também considerou que este fim de semana a equipa vai ‘sofrer’ um bocado: “Certas curvas transformam-se numa reta, o que se arriscar a ser muito ‘doloroso’ para nós. Em Copse, por exemplo, não se ‘levanta o pé’. É um pouco complicado para nós. Não espero que sejamos super competitivos aqui”.

 

4Shares

Mais partilhadas da semana

Subir