Motores

Martin Prokop vence ‘aperitivo’ do Rali de Itália

ProlopItalia115

Martin Prokop foi o vencedor surpresa da super-especial que esta quinta-feira deu início ao Rali de Itália, que até domingo decorre na ilha da Sardenha. No troço realizado na cidade de Cagliari, o piloto checo tirou partido do facto de utilizar pneus Pirelli contrariamente aos pilotos das equipas oficiais, ‘calçados’ com Michelin.

Numa super-especial em asfalto sujo, Prokop bateu Dani Sordo por 1,3s, com o espanhol da Hyundai a não conseguir repetir o melhor tempo conseguido no ‘shakedown’.

SordoItalia115

Andreas Mikkelsen foi o melhor dos pilotos da Volkswagen, ao realizar o terceiro tempo, a 1,7s de Prokop, enquanto Thierry Neuville colocou o segundo Hyundai no quarto lugar da tabela de tempos e Ott Tanak fechou o top cinco no melhor dos Ford Fiesta da M-Sport,

Sebastien Ogier e Kris Meeke defrontaram-se no último duelo da especial entre pilotos oficiais, com o campeão do mundo a rubricar apenas o sétimo tempo, enquanto o inglês da Citroën derrubou uma barreira artificial e acabou apenas com o 10.º registo.

Robert Kubica foi batido por vários pilotos dos WRC2, a começar por Esapekka Lappi foi o mais rápido, diante de Nasser Al-Attiyah e Yuri Protasov.

MikkelsenItalia115

Classificação

1.º Martin Prokop/Jan Tomanek (Ford) 2m23,7s

2.º Dani Sordo/Marc Marti (Hyundai) + 1,3s

3.º Andreas Mikkelsen/Ola Floene (Volkswagen) + 1,7s

4.º Thierry Neuville/ Nicolas Gilsoul (Hyundai) + 2,9s

5.º Ott Tanak/Raigo Molder (Ford) + 2,9s

6.º Mads Ostberg/Jonas Andersson (Citroën) + 3,3s

7.º Sebastien Ogier/Julien Ingrassia (Volkswagen) + 3,4s

8.º Jari-Mati Latvala/Mika Anttila (Volkswagen) + 3,4s

9.º Hayden Paddon/ (Hyundai) + 4,7s

10.º Kris Meeke/Paul Nagle (Citroën) + 4,7s

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir