Nacional

Maria Vieira questiona apoio público à Capazes, a associação da “filha de um socialista”

O apoio público de 73 mil euros à Capazes, como pagamento por uma campanha de igualdade de género, irritou Maria Vieira, que não hesitou em lembrar que uma das caras da associação é a filha do presidente do Parlamento.

Habituada a ‘malhar’ na esquerda, a atriz, que esteve um largo tempo com o Facebook “censurado”, não desperdiçou a oportunidade de relacionar o apoio à Capazes com o facto de Rita Ferro Rodrigues, o principal rosto do movimento, ser filha do socialista Ferro Rodrigues.

Para dramatizar, lembrou que o apoio, no valor de 73 mil euros, foi dado quando em Portugal existem “centros de saúde e hospitais em colapso financeiro”, com as crianças com doenças oncológicas a serem “tratadas em corredores”.

“Uma associação qualquer, liderada pela filha de um socialista que é simultaneamente presidente da Assembleia da República, recebe 73 mil euros de um fundo comunitário para falar sobre igualdade de género”, escreveu Maria Vieira.

A ‘parrachita’ referiu também que a campanha da Capazes será realizada “em quatro cidades cujas câmaras municipais são todas socialistas”, tirando Portalegre, “que é independente, mas de esquerda”, apostou.

Mais partilhadas da semana

Subir