Local

Marcelo em silêncio na chegada ao local da tragédia em Borba

O Presidente da República está em Borba, no local onde aconteceu a tragédia do deslizamento de terras que terá arrastado várias vítimas para o fundo de uma pedreira. O chefe de Estado chegou em silêncio ao local e deslocou-se para o centro de operações.

Numa altura em que as autoridades e especialistas fazem uma “avaliação no terreno” sobre as condições de segurança para o resgate das vítimas do deslizamento de terras, Marcelo Rebelo de Sousa deslocou-se ao local para se inteirar do andamento dos trabalhos e, ao mesmo tempo, mostrar a sua solidariedade em nome do Estado português.

Marcelo Rebelo de Sousa chegou em silêncio e foi recebido pelos responsáveis no ‘teatro das operações’ (TO), que reúne cerca de meia centena de operacionais apoiados por várias dezenas de veículos.

A tragédia aconteceu com o aluimento de um troço da estrada 255, no percurso entre Borba e Vila Viçosa, e provocou a queda, ao que tudo indica, de dois veículos civis, um ligeiro e uma carrinha de caixa aberta, para dentro da pedreira.

As autoridades já anunciaram que esta será uma operação “complexa” e que pode durar “semanas”.

Mais partilhadas da semana

Subir