Motociclismo

Marc Marquez na ‘pole’ e Miguel Oliveira parte de 13º na Áustria

Marc Marquez garantiu a ‘pole position’ para o Grande Prémio da Áustria de MotoGP, enquanto Miguel Oliveira vai largar da 13ª posição para a corrida de amanhã.

O Campeão do Mundo esteve mais uma vez ‘intratável’ na segunda qualificação realizada hoje no Circuito de Red Bull Ring, logrando a 59ª ‘pole’ da sua carreira na disciplina máxima do motociclismo, batendo o recorde de Michael Doohan, que logrou 58 vezes o primeiro lugar da grelha de partida.

“Vamos tentar ganhar amanhã. Hoje foi um grande dia, consegui a ‘pole’. Tive um pequeno erro. Para além do recorde, que é sempre bom, tentei com a equipa perceber a moto para a corrida”, declarou Marc Marquez logo após a qualificação.

A grande surpresa da sessão acabou por ser o segundo tempo de Fabio Quartaro, que aos comandos da melhor das Yamaha SRT Petronas superou Andrea Dovizioso, que completa a primeira fila do ‘grid’ na melhor das Ducati oficiais.

O francês estava moderadamente satisfeito após a Q2: “Primeiro não esperava este resultado, mas conseguimos. Depois foi importante perceber como a moto pode funcionar nesta pista, que não é a melhor para nós. Vamos tentar marcar o máximo de pontos”.

Dovizioso, não se mostrou muito desiludido com o terceiro tempo, muito embora se saiba que a pista austríaca tem sido favorável às Ducati. “Sabíamos que Marquez seria rápido aqui, mas também sabemos que temos uma moto boa para a corrida, e penso que isso para nós é o mais importante. Se vamos conseguir vencer amanhã não sabemos, mas vamos tentar o nosso melhor para o conseguir”, assumiu o italiano.

Maverick Viñales esteve na ‘batalha’ pelo segundo lugar na grelha mas acabaria relegado para a segunda fila da grelha, ao realizar o quarto registo, a mais de quatro décimas de Marquez mas a somente oito milésimas de Dovizioso. Ainda assim o espanhol foi o piloto da equipa oficial da Yamaha, uma vez que Valentino Rossi não foi além do 10º tempo.

Num contraste com o desempenho de Andrea Dovizioso, Danilo Petrucci foi somente 12º,, na segunda Ducati oficial, depois de ter sofrido uma queda no final da sessão.

Miguel Oliveira nunca esteve tão perto de participar numa segunda qualificação do MotoGP, ao ficar a três décimas de o conseguir. Numa Q1 onde Cal Crutchlow foi o mais rápido e ganhou o ‘passaporte’ para a sessão que decidia as 12 primeiras posições da grelha de partida, o piloto português da Tech3 chegou a deter o melhor registo.

Só que Oliveira não resistiria ao andamento de Crutchlow, antes de ser desalojado do último lugar de apuramento por Francesco Bagnaia, que o bateu por duas décimas, ficando a 99 milésimas do britânico da LCR, sendo que o piloto de Almada foi o segundo melhor representante da KTM, uma vez que Johann Zarco vai largar três posições atrás do português.

Resultado da qualificação

1º Marc Marquez (Honda) 1m23,027s

2º Fabio Quartararo (Yamaha) 1m23,461a

3º Andrea Dovizioso (Ducati) 1m23,515s

4º Maverick Viñales (Yamaha) 1m23,523s

6º Takaaki Nakagami (Honda) 1m23,669s

7º Alex Rins (Suzuki) 1m23,681s

8º Jack Miller (Ducati) 1m23,688s

9º Cal Crutchlow (Honda) 1m23,754s

10º Valentino Rossi (Yamaha) 1m23,817s

Mais partilhadas da semana

Subir