Motociclismo

Francesco Bagnaia surpreende nos treinos do MotoGP em Mugello

Francesco Bagnaia foi o mais rápido na segunda sessão de treinos para o Grande Prémio de Itália de MotoGP, que este fim de semana se corre no Circuito de Mugello.

O italiano da Ducati Pramac – campeão em título do Moto2 e ‘rookie’ (estreante) no MotoGP – foi a surpresa destes treinos, ao efetuar uma volta em 1m46,732s nos últimos instantes da sessão, onde a maioria dos pilotos optou por montar os novos pneus macios da Michelin.

Marc Marquez, o líder do campeonato, foi um dos pilotos que escolheu não usar os novos pneus traseiros e apesar de melhorar o seu melhor tempo da primeira sessão acabou por ser relegado para sexto.

Danilo Petrucci esteve na discussão do melhor tempo, mas acabaria por ser suplantado, quer por Bagnaia, quer por Fabio Quartararo, que ao comando da melhor das Yamaha Petronas acabou o dia com o terceiro registo, a 46 milésimas da melhor marca.

Atrás de Petrucci, Pol Espargaro voltou a emergir como o melhor representante da KTM, realizando o quarto tempo, a mais de uma décima de Francesco Bagnaia, enquanto Maverick Viñales colocou a melhor das Yamaha oficiais no quinto lugar da tabela de tempos.

Andrea Dovizioso não foi além do 11º registo na segunda Ducati oficial, mesmo à frente de Johan Zarco, na segunda KTM oficial, enquanto Valentino Rossi se quedou pelo 18º registo na segunda Yamaha oficial.

Miguel Oliveira debateu-se bastante aos comandos da KTM # 88. Esperava-se que o piloto português tentasse melhorar a afinação da sua moto para o traçado da Toscânia, mas a verdade é que acabou como o mais lento em pista, ainda que tenha completado 17 voltas com a moto da Tech 3, ficando 13 milésimas do seu companheiro de equipa Hafizh Syahrin.

Mais partilhadas da semana

Subir