Motores

Marc Coma ao lado de Fernando Alonso no ‘Dakar’

Fernando Alonso vai ter o ex-’motard’ Marc Coma como navegador no Rali Dakar 2020, que se disputa entre 5 e 17 de janeiro do próximo ano na Arábia Saudita.

O ex-campeão do Mundo de Fórmula 1 vai alinhar na prova ‘rainha’ do todo-o-terreno mundial aos comandos de uma Toyota Hilux Overdrive da equipa oficial sediada na África do Sul escolheu Coma, que há pouco tempo deixou o seu cargo de diretor desportivo do ‘Dakar’.

Antigo piloto de motos, Marc Coma juntou-se à equipa Gazoo Toyota nos testes que a equipa realizou com Fernando Alonso na Namíbia e na Polónia, e a dupla estará já à partida da Lichtenburg 400, a quinta prova do campeonato sul-africano de todo-o-terreno.

“Estou bastante contente por fazer parte desta equipa e poder partilhar a minha experiência nos rally-raid com Fernando”, sublinha o ex-’motard’. “Mesmo se na prática estou neste desporto há muito tempo, isto continua a ser um desafio para mim”, lembra.

Coma também refere que “estava longe de imaginar que um dia estaria no lugar de um navegador em vias de se preparar para um rally-raid numa Hilux”. Mesmo assim um desafio que o “apaixona verdadeiramente” porque sente que vai trazer qualquer coisa à Toyota e isso o pode levar “ao limite” de si próprio.

“Fernando eu trabalhamos muito bem juntos e posso ver que ele é metódico na sua abordagem do todo-o-terreno. Adapta-se igualmente muito bem à condução da Hilux e constatamos que as melhorias são de sia para dia”, refere ainda o antigo pilotos de motos no Dakar.

Alonso confere o bom entendimento com Marc Coma e o respeito pela sua experiência no todo-o-terreno: “Tenho aprendido muito com ele sobre os rally-raid graças aos seus conhecimentos e experiência. Neste tipo de desporto, quando percorremos centenas de quilómetros por dia é importante estar à vontade com a pessoa que está no carro”.

“Marc e eu entendemos nos muito bem e trabalhamos eficazmente. Estou ansioso por me treinar num ambiente competitivo pela primeira vez. Será muito diferente dos nossos testes privados. Será por isso um bom desafio e uma experiência enriquecedora”, acrescenta o antigo Campeão do Mundo de F1.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir