Motores

Máquinas de outro tempo deram espetáculo no primeiro dia de Estoril Classics

Embora com céu nublado, o dia de sábado foi propício a uma jornada de corridas bem interessantes no Estoril Classics, onde as ‘vedetas’ foram já os Fórmula 1 e as máquinas do Campeonato do Mundo de Sport.

Mas houve muito mais, nomeadamente a prova do HGPCA F1 Pre-1966, Classic F1 Pre-1986, mas também do Iberian Historic Endurance.

Só com corridas amanhã, os Fórmula 1 dos anos 1990 foram os que mais atenções atrairam, nomeadamente o Tyrrell 012 que Mark Stretton colocou na ‘pole-position’ da principal prova de F1, batendo Katsuaki Kubota, aos comandos de um Lotus 91-97 e Steve Hartley, em McLaren MP4, a fazer recordar o magnífico Ayrton Senna.

A pausa para almoço não o foi, pois evoluíram em plena reta da meta os carros que disputaram o Rali de Portugal Histórico para disputarem o ‘slalom’, com destaque para o Opel Manta 400 de Ari Vatanen e o Ford Focus WRC de Mikko Hirvonen.

Depois das qualificações da manhã, a prova da HGPCA Pre-1966 ‘abriu as hostilidades’, com Andre Beaumont, em Lotus 18, a arrancar da ‘pole-position’, tendo a seu lado o Brabham BT11 de John Farley. Os dois depressa se destacaram, lutando entre si com Farley a levar a melhor no final, batendo Beaumont. Justin Maaers, que tripulou um Cooper T53, completou o pódio.

Depois na Classic F1 Pre-1986 foi Richard Bradley (Brabham BT2) a levar a melhor sobre Mark Shaw (Brabham BT6), com Bruno Weibel (Lotus 22) a ser terceiro.

Na Iberian Historic Endurance acabou por levar a melhor um Porsche 911 3.0 RS, mas a seguir aos F1 foram os Sports Cars Pre-1974 que chamaram a atenção para os 1000 Km. Carros como o Chevron B19, o Osella PA3, ou o Lola T292 do Team BIP deliciaram os fãs, com Max Smith Hilliard no Chevron a ser o mais forte, diante de John Spiers no Osella e Carlos Tavares no Lola.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir