Desporto

“Manuel dos Santos? Não sou obrigado a conhecer todos os parasitas deste país”

Sérgio Conceição acusa eurodeputado socialista de “espalhar ódio nas redes sociais”. Em causa, os tweets em que o técnico portista é apelidado de “grunho”, “deplorável” e “desprezível”.

Sérgio Conceição foi questionado sobre as palavras feitas pelo eurodeputado Manuel dos Santos. Com uma linguagem polémica, que tem dado que falar nas redes sociais, o assunto ganhou dimensão e já mereceu uma clarificação por parte do político. Nesta sexta-feira, embora não tenha respondido diretamente, deixou um esclarecimento… peculiar.

“Acho que nem devo comentar. Não sou obrigado a conhecer todos os parasitas deste país”, começou por dizer.

“O que me deixa preocupado é ser um eurodeputado que vive de dinheiros públicos andar a espalhar ódio nas redes sociais em vez de trabalhar. O resto siga”, disse Sérgio Conceição, em declarações aos jornalistas.

O eurodeputado, conhecido adepto benfiquista, fez uma alusão à conferência de imprensa de Sérgio Conceição, antes do embate contra o Feirense, na qual o treinador portista falou sobre João Félix, que ficou de mão estendida no final do clássico entre águias e dragões, que os encarnados venceram.

“Porque é que este grunho passa a vida a dizer ‘não sou hipócrita’? Precisa que acreditemos?” ou “nunca foi deplorável; foi sempre desprezível!”, foram algumas das frases que Manuel dos Santos partilhou no Twitter.

Nesta quinta-feira, o eurodeputado veio a público explicar a situação e mostra-se “surpreendido” com a dimensão ganha pelos comentários, deixando ainda um “lamento” pela “inadequada formulação” que utilizou.

Mais partilhadas da semana

Subir