Nas Notícias

Manuel Alegre: “Não é fácil ser socialista numa Europa dominada por especuladores”

Ex-candidato à Presidência da República acredita na recuperação económica, “a partir do momento em que Portugal se libertar da ditadura dos mercados”. Manuel Alegre acusa empresas de rating de “pertencer a fundos financeiros que ganham milhões à custa da dívida pública dos países”.

Manuel Alegre foi duro com as empresas de rating e diz que Portugal está refém da “ditadura dos mercados”, imposta por “especuladores”. Para o socialista, a crise da dívida não é mais do que uma estratégia provocada para ganhar dinheiro à custa dos países mais vulneráveis.

“Não é fácil ser socialista numa Europa dominada por especuladores, que ganham dinheiro com a manipulação dos mercados. As empresas de rating pertencem a empresas de fundos financeiros que controlam as economias”, referiu Manuel Alegre.

O ex-candidato à Presidência da República afirma que “a autonomia passa pela libertação dos estrangulamentos da dívida”, sob pena de Portugal não ser capaz de se erguer deste ataque dos mercados.

“Portugal, que aproximou continentes, que foi Europa antes da Europa o ser, não pode estar sujeito a estes caprichos das empresas de rating.

Em destaque

Subir