Nas Notícias

Mais de 90 por cento dos portugueses anda com 22 euros no bolso

Mais de 90 por cento dos portugueses andam sempre com dinheiro na carteira e em média trazem consigo 22 euros, conclui um estudo da Mastercard hoje divulgado e feito em Portugal pela ISPOS/APEME.

De acordo com o estudo, 93 por cento dos portugueses andam sempre com dinheiro na carteira e entre os mais jovens, a média é de 16 euros e entre os mais velhos, a média é de 25 euros.

Já os homens, em média, andam com mais seis euros na carteira (25,5 euros), do que as mulheres (19,6 euros).

Os dados fazem parte do estudo “Quanto dinheiro trazem os portugueses na carteira”, realizado durante o mês de fevereiro, através de 500 entrevistas junto de uma amostra estruturada de acordo com o perfil da população portuguesa (sexo, idade e região), com idades entre 18 e 55 anos, tendo o questionário sido aplicado ‘online’, resultando num maior peso de habilitações superiores e de rendimentos líquidos mensais mais elevados.

Comparativamente com o que costumavam ter na carteira há cinco anos, os mais jovens reconhecem uma evolução positiva, enquanto que os mais os mais velhos dizem que, no passado, andavam com mais dinheiro na carteira.

Contudo, a maioria dos inquiridos refere que o valor pouco ou nada mudou desde há cinco anos, sinaliza o trabalho agora divulgado.

Ainda de acordo com o estudo realizado, a maioria dos portugueses (55 por cento) costuma levantar até 20 euros, sendo que a média de levantamentos se situa nos 30 euros, com os homens a levantarem, em média, mais dinheiro (até 40 euros) do que as mulheres (até 30 euros).

Os portugueses com idades entre os 44 e os 55 anos também costumam levantar em média entre 10 a 20 euros mais que os jovens.

Quanto a cartões bancários, sete em cada 10 portugueses tem apenas um cartão de débito e, em média, mais de 53 por cento tem um cartão de crédito.

Por grupos etários, 44 por cento dos portugueses entre os 35 e 44 anos e 23 por cento entre os 18 e os 24 anos têm um cartão de crédito.

Apesar do dinheiro continuar a ser uma presença quase obrigatória na carteira dos portugueses, 55 por cento dos inquiridos confirma ter um cartão com a tecnologia ‘contacless’ e é no sexo masculino que essa incidência é mais elevada (mais de 60 por cento).

Dos inquiridos que confirmam ter um cartão ‘contactless’, 66 por cento dizem utilizar regularmente para pagamentos até 20 euros.

Mais partilhadas da semana

Subir