Mundo

Naufrágio de ferry no Bangladesh mata 31 pessoas

bangladeshAs últimas informações das autoridades sobre o naufrágio de um ferry-boat, no Bangladesh, atualizam o número de mortos e sobreviventes: há 31 mortos confirmados e cerca de 50 sobreviventes salvos. A embarcação ‘Shariatpur’ transportava 250 pessoas e foi atingida por um navio, no rio Meghna. Os acidentes fluviais são muito frequentes no Bangladesh.

A atualização dos mortos e sobreviventes foi feita pelas equipas responsáveis pelo resgate dos passageiros que seguiam a bordo do ferry-boat, que afundou no Bangladesh: há 31 mortos confirmados, sendo que as buscas prosseguem no rio Meghna, onde o barco naufragou.

A AFP, que citava na manhã de hoje fonte da polícia de Shahidul Islam, apontava para 35 pessoas resgatadas com vida, mas ainda entretanto a Reuteurs atualizou esses dados: 250 passageiros no ferry, 27 mortos e 50 sobreviventes. Mais tarde, a AFP voltou a fazer uma atualização, com 31 mortos encontrados. 

O naufrágio ocorreu no rio Meghna, a sudeste de Dacca, às 2h30 locais (20h30 em Lisboa). Nessa altura, quase todos os passageiros estavam a dormir.

A Autoridade Nacional de Transporte de Águas Fluviais do Bangladesh realça que entre 1977 e 2010 morreram 4047 pessoas, em 396 acidentes nos rios. E o transporte fluvial assume grande importância, num país onde abundam os rios.

As probabilidades de encontrar sobreviventes são quase nulas, segundo as autoridades. As embarcações no Bangladesh não são seguras e estão em mau estado de conservação.

Em destaque

Subir