Europa

Mãe partilha imagens do filho de 12 anos no hospital num alerta aos pais acerca do álcool

Uma mãe britânica decidiu partilhar fotografias do filho de 12 anos no hospital após ter estado a beber vodka com os colegas na escola, para alertar os pais para os riscos do álcool e da pressão que os mais novos sentem.

A mulher encontrou o filho deitado no jardim da casa, em Somerset, no Reino Unido. “Quando o encontrei, soube instantaneamente que algo não estava bem”, afirmou ao jornal “Metro“., apesar o menino lhe dissesse que estava cansado.

No entanto, os sintomas começaram a assimilar-se cada vez mais aos típicos de bebedeira, como dificuldades em pronunciar palavras e vómitos. Rapidamente a mãe alertou os serviços de emergência e quando os paramédicos chegaram ao local, acharam que o menino estaria a sofrer de uma meningite ou de um ataque cardíaco ou então efeitos de fortes dores de cabeça.

Mas não, acabaram por descobrir que o rapaz esteve a beber shots de vodka com os colegas de escola para os impressionar. “Estava a tentar impressionar estes rapazes para se juntar a eles. E quase morreu”, disse a mãe.

O nível de álcool no sangue do rapaz, de acordo com os médicos, era duas vezes e meia superior ao permitido pela lei inglesa para conduzir (0,8).

 Agora, o rapaz já está fora de perigo e a mãe decidiu partilhar imagens do filho no hospital para alertar os pais para as consequências do álcool e da pressão nas escolas.

“Depois de ter sido mãe quase durante 13 anos, estas foram as piores 24 horas que alguma vez enfrentei”, disse a mulher à imprensa, acrescentando que agora o rapaz “está a sentir-se triste por isso”.

Mais partilhadas da semana

Subir