Economia

Lucros do Crédito Agrícola aumentam 23 por cento no terceiro trimestre

Os lucros do grupo Crédito Agrícola aumentaram 23,3 por cento no terceiro trimestre deste ano, para 104,9 milhões de euros, face ao período homólogo do ano anterior, revelou hoje o grupo em comunicado.

Os resultados não auditados, hoje divulgados, destacam o negócio bancário, que contribuiu com 88,6 milhões de euros – para os 104,9 milhões de lucro – e aumentaram 15,2 por cento face ao período homólogo anterior.

A carteira de crédito (bruto) a clientes do grupo atingiu 10,4 mil milhões de euros em 30 de setembro passado, um aumento de 4,8 por cento, e com referência a essa data, apresentou um rácio de ‘common equity tier 1’ (CET1) de 14,9 por cento.

Em Setembro de 2019, os recursos de clientes sob a forma de depósitos bancários totalizaram 14,7 mil milhões de euros, evidenciando um crescimento, em termos homólogos, de 10,6 por cento e correspondente a 1.404 milhões de euros.

“O aumento de recursos de clientes em maior proporção que o aumento do crédito concedido contribuiu para a continuação da diminuição do rácio de transformação que, no final do período, ascendia a 67,5 por cento. Em Setembro de 2019, o rácio de cobertura de liquidez (LCR) no perímetro consolidado atingia os 474 por cento”, afirma o grupo em comunicado.

Em termos de qualidade da carteira de crédito do Grupo Crédito Agrícola, o rácio bruto de Non Performing Loans (NPL ou crédito mal parado) em setembro de 2019 situou-se nos 9,2 por cento, valor que compara com os 10,4 por cento registados em dezembro de 2018 e com os 11,1 por cento registados em setembro do ano passado.

As imparidades de crédito acumuladas a setembro de 2019, de 452 milhões de euros, conferiam um nível de cobertura de NPL por imparidades de 44,7 por cento, acrescenta o grupo.

Em termos de composição do produto bancário, a margem financeira diminuiu 13,8 milhões de euros em termos homólogos (-5,4 por cento), bem como as comissões líquidas que registaram uma variação de -6,1 milhões de euros (-7,8 por cento) face ao homólogo.

No sentido contrário, a margem técnica do negócio segurador registou um aumento homólogo, de 5,1 milhões de euros, os resultados das operações financeiras de 26,4 milhões de euros e os outros resultados de exploração de 11,6 milhões de euros, face ao período homólogo do ano passado.

0Shares

Em destaque

Subir