Economia

Lucros da EDP caem 74 por cento até setembro

A EDP registou um lucro de 297 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2018, um resultado inferior em 74 por cento ao obtido em 2017, “fortemente penalizados” pela decisão do Governo sobre a alegada sobrecompensação dos CMEC.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários(CMVM), a elétrica liderada por António Mexia explicou que constituiu uma provisão de 285 milhões de euros para fazer face a esta questão e que “o impacto desta provisão não recorrente no resultado líquido da EDP ascende a 195 milhões de euros, traduzindo-se num resultado líquido do grupo EDP de 297 milhões de euros” nos primeiros nove meses de 2018.

O EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) no mesmo período ascendeu a 2.410 milhões de euros, uma redução de 26 por cento face ao período homólogo.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir