Nas Notícias

Ligação direta Madeira-Berlim permitirá minimizar perda de turistas alemães

A ligação direta entre a Madeira e Berlim, iniciada hoje pela easyJet, permitirá minimizar os efeitos da perda de visitantes daquele mercado devido à falência de companhias aéreas, defendeu o secretário regional do Turismo e Cultura.

“É um voo que vai representar cerca de 32 mil lugares por ano e 8 por cento da totalidade do mercado alemã”, disse o governante, Eduardo Jesus, após a chegada do avião, concretizando mais uma nova rota aérea no arquipélago da Madeira.

Eduardo Jesus sublinhou que a ligação “é extremamente importante” para a região na medida em que repõe a percentagem que a Madeira estava a perder no mercado alemão.

“Coincide com a percentagem que estávamos a verificar de perda deste mercado, até agosto temos uma retração de 7,5 por cento e com esta ligação recuperamos 8 por cento do mercado”, referiu.

Segundo Eduardo Jesus, o Governo Regional quer reforçar a porta de entrada na região que é o Aeroporto da Madeira com novas rotas e companhias aéreas.

A easyJet já tem voos de ligação da Madeira a Basileia (Suíça), Londres, Bristol e Manchester (Reino Unido), e Lisboa e Porto.

Esta nova rota sazonal Funchal/Berlim-Tegel é efetuada duas vezes por semana (aos sábados e às quartas-feiras), apresentando preços desde 21,99 euros por pessoa.

A operação estende-se até 28 de março de 2020 e aumenta para 65 o número de rotas oferecidas pela companhia aérea em Portugal.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir