Fórmula 1

Lewis Hamilton vence o 1000º Grande Prémio de F1

Lewis Hamilton venceu hoje na China o 1000º Grande Prémio da história da Fórmula 1, depois de ter ganho vantagem sobre o seu companheiro de equipa Valtteri Bottas na partida.

O finlandês da Mercedes não conseguiu arrancar tão bem quanto o Campeão do Mundo e este aproveitou para assumir a liderança da corrida mal se acenderam os semáforos verdes da partida.

Hamilton nunca mais perdeu o controlo da prova, diante de um Bottas que rodou sempre atrás do britânico, que ao impor-se em Xangai assumiu o comando do Campeonato do Mundo, numa ‘dobradinha’ Mercedes que nunca mereceu contestação, até pelas opções de pneus tomadas pela concorrência.

Sebastian Vettel seguiu os dois carros prateados como uma sombra durante quase toda a corrida, chegando a perder brevemente a posição para Max Verstappen, que alargou demasiado a trajetória e acabou remetido para o quarto posto, que foi de Charles Leclerc até às primeiras paragens nas boxes. O monegasco da Ferrari nunca pareceu capaz de recuperar o lugar ao holandês da Red Bull, sobretudo depois de começar a ter problemas no seu Ferrari.

Embora tenha concluído a corrida na sexta posição, Pierre Gasly esteve em bom plano e completou o bom resultado de conjunto da Red Bull, ‘coroado’ com a obtenção da volta mais rápida. O que acaba por sublinhar a performance do francês.

Daniel Ricciardo foi o melhor dos outros no Renault ‘sobrevivente’, com uma prova consistente mas que não deslumbrou nem compensou a equipa pelo abandono de Nico Hulkenberg, bem aproveitado por Sergio Perez para terminar no oitavo posto, diante de um Kimi Raikkonen que perdeu ‘fôlego’ na segunda parte da corrida, também devido à estratégia de utilizar pneus médios nos turnos mais longos da sua prova.

Destaque ainda para o ponto conseguido por Alex Albon, depois do tailandês ter protagonizado o acidente no terceiro treino livre que o impediu de participar na qualificação, compensando a Toro Rosso de perder o concurso de Daniil Kvyat envolvido numa colisão no começo da corrida que também provocou o abandono dos McLaren de Carlos Sainz Jr e Lando Norris.

Classificação final

1º Lewis Hamilton (Mercedes)

2º Valtteri Bottas (Mercedes) + 6,552s

3º Sebastian Vettel (Ferrari) + 13,744s

4º Max Verstappen (Red Bull) + 27,627s

5º Charles Leclerc (Ferrari) + 31,276s

6º Pierre Gasly (Red Bull) + 1m29,307s

7º Daniel Ricciardo (Renault) + 1 volta

8º Sergio Perez (Racing Point) + 1 volta

9º Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) + 1 volta

10º Alex Albon (Toro Rosso) + 1 volta

Mais partilhadas da semana

Subir