Fórmula 1

Lewis Hamilton e Mercedes são a referência no primeiro dia do GP da Austrália

Lewis Hamilton e a Mercedes dominaram o primeiro dia de treinos do Grande Prémio da Austrália, que este fim de semana marca o arranque da nova temporada de Fórmula 1.

E se na primeira sessão Sebastian Vettel ainda fez o contraponto ao W10 ao rubricar o segundo tempo, na segunda Valtteri Bottas secundou o Campeão do Mundo e o mais rápido opositor às ‘flechas de prata’ foi Max Versrtappen.

Não obstante trataram-se ‘apenas’ de treinos livres, a verdade é que as duas sessões desta sexta-feira já mostraram uma hierarquia que dá uma ideia da rapidez de alguns dos novos monolugares de 2019, sendo que as marcas melhoraram da manhã para tarde, como seria de esperar.

Depois de na primeira sessão Hamilton ter rodado em 1m23,599s, na segunda baixou a marca para 1m22,600, sempre com os pneus mais macios montados, os C4 de banda vermelha da Pirelli. O Campeão do Mundo superou em 1,3s o melhor tempo do segundo treino de 2018 (1m23,931s).

Bottas, que no primeiro treino não tinha evitado um aparatoso pião, conseguiu ficar a 0,048s do seu companheiro de equipa, antecedendo os dois pilotos da Red Bull, Max Verstappen e Pierre Gasly, que ficaram separados apenas por 42 milésimos de segundos. Vettel teve de se contentar com o quinto registo e ser o melhor da Ferrari, a 0,873s de Hamilton.

Os SF90 foram rápidos ao longo das duas sessões, mas Charles Leclerc – que protagonizou também um aparatoso pião – terminou apenas com o nono registo, atrás de Kimi Raikkonen, no melhor dos Alfa Romeo – mesmo com uma ligeira incursão fora de pista –, e dos Renault de Nico Hulkenberg e de Daniel Ricciardo.

Fica por saber se a Ferrari estará a ‘esconder o jogo’ para a qualificação de sábado, mas a verdade é que se percebeu que Haas, Toro Rosso e Racing Point continuam a ser ‘clientes’ do meio da tabela, com Romain a fechar para já o top dez no melhor dos dois monolugares norte-americanos, enquanto os dois pilotos da Williams foram, sem surpresa, os mais lentos em pista.

Mais partilhadas da semana

Subir