Fórmula 1

Leclerc pouco efusivo com a ‘pole’ devido ao comportamento dos pilotos da Renault e da McLaren

Embora a euforia fosse a nota dominante entre os ‘tifosi’ após a conquista da ‘pole position’ de Charles Leclerc, o piloto da Ferrari não festejou muito o feito após a qualificação do Grande Prémio de Itália.

A razão para tal reação do piloto monegasco teve a ver com o comportamento em pista de pilotos como Carlos Sainz Jr ou Nico Hulkenberg, que abrandaram propositadamente para ganharem ‘aspiração’ de outros carros importantíssima nas longas retas de Monza.

Os dois pilotos bloquearam o resto do pelotão, e Leclerc não gostou nada disso. “O plano era oferecer a minha aspiração a Seb (Sebastian Vettel, o companheiro de equipa. Saí das boxes à frente dele e depois houve uma grande confusão na curva 1. Os McLaren e os Renault pararam no meio da pista e não tínhamos por onde ir”, queixou-se o titular do Ferrari # 16.

“Seb passou-me, pois sabíamos que ia ser ‘à justa’ passar pela meta antes da sessão terminar”, prossegue Charles Leclerc, referindo também: Fiquei atrás dele até à última reta, quando ouvi no meu rádio: ‘podes dobrar Seb’. Mas já era demasiado tarde”.

“É uma pena, mas penso que não podia fazer grande coisa. Seb teria sido capaz de também realizar a ‘pole’ e é claro que não queríamos sacrificar as nossas hipóteses”, afirma também o monegasco, para quem “este género de coisas não devia acontecer”.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir