Desporto

Lance Armstrong perde títulos do Tour e vê o seu nome apagado da história do desporto

lance armstrong 1Ciclista norte-americano perde em definitivo os sete títulos alcançados na mais importante prova do ciclismo mundial. A UCI pretende agora que o seu nome não conste nos livros da história do desporto.

Está confirmado. A União Ciclista Internacional (UCI) retirou os sete títulos alcançados por Lance Armstrong na Volta à França. A organização mundial segue assim a decisão da Agência Antidoping dos Estados Unidos que, recorde-se, tinha acusado o atleta norte-americano de dopagem.

Mas os responsáveis da UCI querem mais: “O nome dele não tem lugar no ciclismo e no desporto”, afirma Pat McQuaid, presidente da organização mundial.

Recorde-se que, depois de se ter afastado das provas, as suspeitas de envolvimento de Armstrong em casos de doping começaram a surgir. O ciclista norte-americano foi mesmo acusado de ter participado no esquema de dopagem mais evoluido da história do desporto.

Mesmo continuando a afirmar, ao longo de meses, que está inocente, a Agência Antidoping dos Estados Unidos acabaria por condenar Lance em agosto deste ano. Para tal, o organismo levou em conta testunhos de mais de uma dezena de antigos colegas de equipa do norte-americano.

Recentemente, o ciclista confirmou que iria desistir de lutar contra a justiça, afirmando mesmo que “já chega”. Com 41 anos, Armstrong decidiu também abandonar o cardo de presidente da Livestrong, fundação que criou em 1997 para ajudar vítimas de cancro. Recorde-se que o mesmo venceu esta doença em 1996.

Lance Armstrong perde assim os sete títulos conquistado no Tour de France, alcançados entre 1999 e 2005.

Em destaque

Subir