Insólito

Ladrões devolvem flamingos que roubaram a uma menina com leucemia

flamingos-menina-leucemia

Alguns desconhecidos roubaram os flamingos de plástico que simbolizavam o apoio da comunidade à menina de 12 anos que luta contra a leucemia. Quando se aperceberam desse significado, os bandidos devolveram as decorações e pediram desculpa.

O caso foi relatado pela polícia de Weare, no estado de New Hampshire (EUA), a quem os bandidos de bom coração deixaram uma carta dactilografada com o pedido de desculpas.

Para ajudar a família de Abby Van Dyke a pagar os custos do tratamento, vários moradores começaram a comprar flamingos e a pintá-los de laranja, a cor da sensibilização para a leucemia.

Cada flamingo de plástico custa 10 euros e já foram vendidos mais de 1300.

Assim, sempre que a menina de 12 anos tivesse de ir ao hospital, via que em todas as ruas havia um vizinho que estava solidário.

O problema é que começaram a roubar as decorações, chocando esta comunidade de 8785 habitantes.

Frank Hebert, comandante da polícia local, revelou ter recebido “um número impressionante” de flamingos laranjas desaparecidos.

No entanto, de uma noite para o dia, as decorações roubadas numa das ruas (Colby Road) estavam de volta no dia seguinte.

Nesse mesmo dia, uma carta anónima, dactilografada, estava na caixa de correio da polícia.

Na missiva, os ladrões explicavam que desconheciam o significado dos flamingos, pois se o soubessem “nunca os teríamos levado”.

Mais: “Enviámos um pequeno donativo na esperança de que ajude a fazer a diferença”.

Mais partilhadas da semana

Subir